Suco energético de gengibre – para recuperar rapidamente a potência

O gengibre é consumido em todo o mundo como tônico do corpo e para prevenir doenças. O gengibre é conhecido como afrodisíaco natural e tem muitas outras propriedades ocultas.

Antioxidante, anti-inflamatório, digestivo, antináusea, antisséptico, ele é, com razão, amplamente utilizado na Ásia. Também tem o histórico de conseguir tratar quase tudo!

Vamos contar algumas maravilhas deste alimento.

Contra náuseas e enjoos:

Graças à sua ação sedativa no revestimento do estômago, o gengibre, que é um reconhecido antiespasmódico, alivia de forma rápida e efetiva as náuseas causadas pela gravidez ou má digestão.

Rico em enzimas, também dificulta o vômito e reduz desconfortos estomacais, como flatulência e azia, após uma grande refeição ou indigestão.

Por isso é tão recomendado para a saúde.

Antioxidante, antisséptico e anti-inflamatório:

Com mais de 40 propriedades capazes de combater os radicais livres, o gengibre é consumido como prevenção contra doenças cardiovasculares, alguns tipos de câncer, assim como também contra o envelhecimento das células do nosso corpo.

Além disso, suas propriedades anti-inflamatórias o tornam muito útil para aliviar o reumatismo, dores de cabeça e dores de garganta, além de ser um ótimo expectorante, que ajuda a acabar com a tosse.

Contra fadiga e perda de energia:

Tônico, energizante e estimulante, o gengibre, sozinho ou combinado com outras plantas, é muito apreciado para manter as defesas do nosso organismo!

De qualquer forma, também é muito interessante consumi-lo no inverno para aumentar as defesas imunológicas.

Gengibre, um aliado no emagrecimento:

Está comprovado que o gengibre melhora a digestão e, ao mesmo tempo, ajuda a acelerar o funcionamento do metabolismo.

Em outras palavras, reduz o armazenamento de gordura e ajuda a queimar aquelas gorduras que já se instalaram na barriga, nas coxas, nos braços e quadril

O ideal é tomar uma xícara de chá de gengibre antes de cada refeição (almoço e jantar), para contribuir para a boa manutenção da flora intestinal e para a digestão dos alimentos.

Isso aliviará todo o sistema digestivo.

Mas cuidado: o consumo do gengibre pode aumentar a pressão.

Portanto, quem sofre de hipertensão deve procurar um médico ou nutricionista antes de fazer uso dessa raiz, seja em forma de chá ou mesmo consumindo em uma salada.

Qual é a melhor forma de consumo?

O gengibre é encontrado de várias maneiras e pode ser consumido com muita facilidade.

Além disso, pode ser consumido em formato de cápsulas, pó, chás, sucos, fresco ou seco e até em balas para quem realmente não suporta o sabor, que é bem forte.

E, diferentemente de muitos outros produtos, ele mantém perfeitamente quase todas as suas propriedades, independentemente da forma de consumo escolhida.

A única desvantagem é que ela perde vitamina C quando é desidratado.

Receitas com gengibre:

Chá de ervas com gengibre fresco

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de gengibre em fatias finas
  • 200 ml de água
  • O suco de 1/2 limão
  • 3 colheres (chá) de mel (opcional)

Modo de preparo:

  • Ferva o gengibre com a água.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*